A "vergonha" do Nordeste

,
sábado, 27 de agosto de 2011

Vamos debater sobre os "mistos" do Nordeste!

Muitas pessoas nascidas na região escolhem times do Sudeste/Sul, os ''Sulistas'' para torcer e são chamadas de ''Vergonha do Nordeste''. Esses torcedores tornam as torcidas de Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Vasco e outras do Sudeste as maiores do Brasil disparadas, deixando os clubes de seu estado um nível abaixo com menos importância. Torcidas de clubes grandes como Fortaleza, Ceará e Vitória tem que dividir a arquibancada com a torcida adversária em alguns casos.

Há alguns estados em que as torcidas do Sudeste são maiores que as torcidas do próprio estado juntas e isso não ocorre só no Nordeste, é comum também no Norte, Centro-Oeste, Espirito Santo, Paraná e Santa Catarina. Tentando reverter essa situação as torcidas dos times locais buscam discriminar, levando faixas, fazendo movimentos na internet e cantos com ofensas aos mistos, afim de fortalecer a torcida do seu time. Vamos ver alguns desses movimentos:










Mas será que uma pessoa não pode escolher o time que ela quiser torcer? Não é uma identificação que não tem a ver com local, mas sim com paixão? Em contra argumento as críticas de que os mistos não defendem o seu povo, é dito que eles apenas "consumem" um produto de fora, assim como quase toda a população nordestina e brasileira consume comidas, bebidas, livros, roupas, músicas e outros. 


De fato, se todos os nordestinos torcessem para os times locais, eles os tornariam potências do futebol brasileiro, atraíndo mídia, receitas e marketing. Mas será que não seria chato ser obrigado a torcer para o time do seu estado ou cidade, causando um confronto entre paixão e honra e criando um vício na contagem das maiores torcidas do país, afinal não seria necessário isso, bastaria ver quais estados tem as maiores populações e terminar a pesquisa.


Comente o que você pensa sobre o assunto.

13 comentários:

  1. batata disse...:

    a identificação não tem a ver com local, mas também não tem a ver com paixão, mas com influência. A pessoa torce para o time que aparece na TV...
    Pq será que não vemos torcedores dos times gaúchos ou mineiros no Nordeste? Só vemos torcedores dos times de Rio-São Paulo? Pq são os que passam na TV.
    Nesse caso, a mesma pergunta: a pessoa não pode escolher o time que ela quiser torcer? Ela tem que sofrer com a influencia da mídia e escolher um time dela?

    Quanto a sua comparação com produto de fora, é bizarra... Produtos não disputam uma competição tão intensa. Se a fábrica de sabão em pó local ganha 50 mil por mês, e a de fora ganha 2 milhões, não faz diferença. A local continua ganhando seu dinheirinho e pagando funcionários em dia. Não faz muita diferença entre uma empresa ou outra quanto cada um ganha, o que importa é estar lucrando. Com times de futebol é diferente. Faz muita diferença um time ganhar 50 mil e outro 2 milhões... O nível de competição é outro. No fim das contas, só vale se for entre os 20 da série A. Aliás, nem isso, só os 5 que disputam o título daquele ano. E os times que ganham pouco nunca chegarão nesse patamar. Talvez entre os 20, mas só...

  1. batata disse...:

    mas tipo, tempo desses, um colunista do Diário do Nordeste, Tom Barros, veio com a seguinte justificativa do fato de ele ser torcedor do Vasco:
    "na década de 40, quando eu era criança, nem Ceará e nem Fortaleza disputavam campeonatos nacionais, então todos torciam para os times cariocas."

    Putz, naquela época NÃO TINHA CAMPEONATOS NACIONAIS! NEM O VASCO DISPUTAVA! Por que alguem deixaria de acompanhar o campeonato cearense para acompanhar o campeonato carioca? Preferir ficar em casa escutando rádio chiando do que ir pro estádio? Isso é muita falta de amor a própria terra...

  1. João Pedro disse...:

    a tv contribui muito sim, mas por que a tv passa os jogos dos times do sudeste?
    tem alguma tendência desde o começo das transmissões

  1. batata disse...:

    a força da mídia é tão forte que gera comentários desse tipo:
    "Torcidas de clubes grandes como Fortaleza, Ceará e Vitória tem que dividir a arquibancada com a torcida adversária em alguns casos."

    quanto ao Vitória, eu não sei, mas Fortaleza e Ceará NUNCA dividiram arquibancada com torcida adversária, pelo menos não no passado recente, da década de 90 pra cá...
    Quem chega mais perto disso é o Flamengo, mas mesmo assim não passa de 30% do público total... Mas aí a TV dá a falsa impressão que a torcida do Flamengo está dividindo meio a meio, e outros meios de mídia idem. Chegou ao ponto de eu ver reportagem do globoesporte.com desse ano afirmando que a torcida do Flamengo estava em maioria no castelão contra o Fortaleza esse ano, quando quem estava lá, ou quem viu na TV e conhece o estádio, viu que eles estavam com uns 30% no máximo.
    E pra que isso? Para que a torcida do flamengo fique se achando "somos uma nação", "jogamos em casa em todo canto", e coisas assim...

    Quando morava na Paraíba, o Fortaleza tava na primeira divisão, aí jogou com o Flamengo e ganhou de 4x1. No outro dia um amigo meu flamenguista veio "o mengão dividiu o estádio meio a meio", só que aí eu joguei na cara dele que a torcida do Flamengo só ocupou 4 setores de 30 naquela partida (como eu conheço o estádio, dá pra perceber esse tipo de coisa na TV), aí ele veio "mas cantamos o tempo todo, calamos vcs". Como pode uma torcida perdendo de 4x1 cantar mais alto que a que está ganhando? Ainda mais estando em tamanha desvantagem numérica? Isso não ocorre em canto algum do mundo. O problema é que o microfone estava posicionado para escutar a torcida do Flamengo. Assim como ocorreu na final da copa do Brasil entre Sport x Corinthians, onde só se escutava a torcida do corinthians, e em todas as outras partidas que envolvam os times de Rio-São Paulo com times de outros estados...

  1. batata disse...:

    "a tv contribui muito sim, mas por que a tv passa os jogos dos times do sudeste?
    tem alguma tendência desde o começo das transmissões "

    passa os jogos dos times do sudeste pq as tvs são de lá...
    o mercado consumidor inicial deles eram aquelas regiões, e antes era muito caro passar jogos regionalizados.
    Era muito mais barato (e ainda é) transmitir apenas um único jogo, do que criar uma estrutura para transmitir 5, 6 jogos de uma vez, e ainda direcionar esses jogos (transmita esse para esse estado, aquele para esse outro estado, e por aí vai).

    Aliás, até hoje o mercado consumidor deles é voltado para seus estados de origem. Nós não vemos na TV o que queremos ver, e sim o que cariocas e paulistas querem ver... O que vale é a audiencia nesses dois estados...

  1. João Pedro disse...:

    torcidas do ceará e fortaleza já dividiram o estádio com a do flamengo recentemente.

  1. batata disse...:

    "torcidas do ceará e fortaleza já dividiram o estádio com a do flamengo recentemente. "

    não disse que a influencia da mídia é forte? Isso não ocorreu. Posso te garantir...
    O flamengo NUNCA passou dos 30% contra Ceará e Fortaleza. Pelo menos não nos ultimos anos...

    Aliás, esses 30% foi alcançado justamente esse ano, contra o Fortaleza, que foi o público máximo do Flamengo dos ultimos 10 anos no castelão. Quem conhece o estádio com certeza afirma isso. Quem não conhece é influenciado pela mídia e acredita que estava dividido meio a meio... E só alcançou pq a diretoria do Fortaleza não limitou a carga de ingressos para visitantes, deixou eles livres para comprarem quantos ingressos quiserem...

    e a sua afirmação fica pior ainda quando fala do Ceará, já que o presidente deles é mas rígido e limita a carga de ingressos para visitantes para 10%, conforme a lei manda. Ou seja, o Flamengo não passou dos 10% contra o Ceará...

    Mas tipo, a sua frase só prova que vc é muito influenciado pela mídia tb, então não tem como discutir contigo. Vou dormir. Boa noite...

  1. batata disse...:

    aliás, é até uma vergonha alguem que se denomina "pesquisador do futebol" afirmar que o Flamengo dividiu o estádio com Fortaleza e Ceará recentemente...

  1. p.brazil disse...:

    Não sei para outras pessoas, mas para mim, torcer para o time da minha região/estado vai além de uma questão geográfica, é também uma questão ideológica, sou torcedor do Bahia e NUNCA nem por um minuto deixei de "ser" Bahia e nem sou torcedor de "dois times".

    Mas isso isso é a minha opinião, creio que seja difícil deixar de torcer para um time o qual o individuo começou a torcer, isso beira praticamente o impossível.

    Temos que trabalhar a questão da formação de novos torcedores em nossas regiões, mas que também os nossos times tem que ter algo a oferecer para essa geração, pois somos bombardados diariamente com a exposição midiática dos clubes do eixo Rio-SP, e combater isso é algo difícil de se fazer.


    Paulo Brazil.
    Torcedor do Esporte Clube Bahia.

  1. Jonathan disse...:

    Realmnte essahistoria é meia complicada, porém em PERNAMBUCO Náutico, sport e santa cruz são soberanos existem alguns gatos pingados q torcem pra flamengo, são paulo, inter, etc...
    Mas fico feliz por torcer pro náutico e ver que a torcida de meus adversários tambem existe, se naum existisse pra que rivalidade, quem iriamos zuar? sem violência de tipo algum. O bom è se emocionar pelo seu time assistindo ele jogar, hoje tow lá NÁUTICO X PROTUGUESA. se fosse corinthiano não teria visto muitos jogos do corinthians...

    Jonathan Brito torcedor do Clube nàutico capibaribe com muito orgulho e orgulho de ser nordestino.

  1. Batata, pare de falar besteira.

  1. bruhna_O disse...:

    eu estava vendo esse video e é muito sem noção pô ! deixa a pessoa escolher o time que ela quer ! pode a ter ser por conta da mídia e tal, mas em uma parte nao interfere como por exemplo a familia já tem uma grande contribuiçao ex: uma familia q torce pro ceará se essa familia tiver mais um filho conzerteza esse filho vai ser torcedor do ceará e se não p problema é dele e a familia vai ter que aceitar. o mesmo ocorre com o nordeste. ele tem varios times da região mas e se a pessoa nao quiser torcer? Não se pode fazer nada. Eu por exemplo sou torcedora vascaina e sou da Bahia e minha familia toda torce pro Bahia. é a mesma coisa quem gosta de guaraná o guarana nao é da bahia e mesmo assim gostam,a soja nao e da bahia mas tem gente que gosta é como eu digo essa coisa de torcer vem de cada um !

  1. hugo disse...:

    eu acho que deveria acabar com o futebol assim se faria melhor .

Postar um comentário